Neste sábado (25), acontece em João Pessoa a 14ª edição da Parada do Orgulho LGBT. Com o tema “Respeito se aprende em casa e na escola”, o evento tem como objetivo debater o respeito e a tolerância nos espaços escolares e em casa.

Na busca por uma educação inclusiva que esta paute pela diversidade, a Parada questiona a retirada dos termos identidade de gênero, e orientação sexual dos Planos Municipal, Estadual e Nacional de Educação, o que resulta na compressão dos direitos e na manutenção da opressão de gênero e sexualidade, como explica o presidente da MEL (Movimento Espírito Lilás), Renan Palmeira.

Neste ano, a Parada volta ao trajeto tradicional, tendo a concentração em frente ao SESC Cabo Branco, a partir das 16 horas, até o Busto de Tamandaré. A passeata seguirá com cinco trios elétricos até chegar ao palco, onde haverá shows musicais e performances a partir das 21 horas.

Entre as atrações desse ano, estão Jaina Elner, Brasis, DJ John Kennedy, DJ Kylt e DJ Marmaid, além da atração principal, a paulista Paula Bencini. A organização do evento espera por 30 mil pessoas, e lembra que a parada não é um evento apenas para LTBGs, “a luta é da sociedade contra o preconceito. Você não precisa ser LGBT para lutar contra a homofobia”, ressalta Renan.

Além do MEL , estão na organização do evento o Grupo de Mulheres Lésbicas e Bissexuais Maria Quitéria (GMMQ), Movimento de Bissexuais (MOVIB), e Associação de Travestis e Transexuais da Paraíba (ASTRAPA).

A 14ª edição da Parada do Orgulho LGBT de João Pessoa  conta com o apoio do Governo do Estado da Paraíba, da Prefeitura de João Pessoa, da Comissão da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo da OAB/PB, dentre outras entidades parceiras.

Related Posts

Comentários

Comentário