A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou uma matéria nas redes sociais com informações sobre o casamento igualitário. “Todos os casais casados serão tratados exatamente da mesma maneira”, declarou o secretário John Kerry, anunciando uma mudança no processo de vistos americanos para casais do mesmo sexo.

No artigo a embaixada deixa claro que as mesmas regras se aplicam a casais casados no que se refere aos vistos, independentemente de serem do mesmo sexo ou não.

De acordo com a mais recente decisão da Suprema Corte de 2015 garantindo em âmbito nacional o direito ao casamento entre pessoas do mesmo sexo nos EUA, os cônjuges do mesmo sexo são tratados de maneira idêntica aos cônjuges do sexo oposto perante as lentes da lei federal.

O cônjuge do mesmo sexo de alguém que esteja solicitando um visto é elegível para um visto derivado, o que significa que ele ou ela tem a mesma elegibilidade para obtenção de visto que um cônjuge do sexo oposto. Da mesma forma, um não cidadão que se casa com um cidadão americano do mesmo sexo é elegível para obtenção dos mesmos benefícios de imigração que um cônjuge do sexo oposto.

Os filhos e enteados de cônjuges do mesmo sexo de cidadãos americanos são elegíveis para obtenção dos mesmos benefícios de imigração, apenas um relacionamento legalmente considerado um casamento legítimo no país onde foi realizado permitirá que um parceiro seja considerado cônjuge para fins de imigração. Mas isso se aplica também para casais do sexo oposto.

Assim como com casais do sexo oposto, o noivado pode permitir que um noivo ou noiva do mesmo sexo entre nos EUA para se casar, contanto que todas as outras exigências de imigração sejam cumpridas.

A Suprema Corte decidiu em junho de 2015 que os casais do mesmo sexo poderiam se casar em qualquer estado da nação. (Antes da decisão, apenas 36 estados e a capital, Washington, haviam tornado o casamento legal para casais gays.)

Para mais informações, a embaixada disponibiliza o endereço eletrônico e www.shareamerica.gov

Related Posts

Comentários

Comentário