Você já ouviu falar nos Minions? Claro que sim! O fenômeno da Universal já alcançou mais de US$ 620 milhões nas bilheterias de todo o mundo, e já é a quarta maior arrecadação do ano.

Os personagens amarelos vieram do primeiro sucesso da franquia, “Meu Malvado Favorito” e ganharam popularidade, caindo no gosto dos expectadores. E com tanta repercussão, surgiram alguns questionamentos, como a ausência de Minions femininos.

O criador das criaturinhas, o francês Pierre Coffin explicou ao site Wrap, “vendo o quão burros e estúpidos eles costumam ser, apenas não consegui imaginá-los sendo mulheres”, mas não esclareceu como então os Minions se reproduzem…

mini nazi

Foto: Divulgação

Na semana anterior, uma foto ganhou destaque nas redes sociais, onde supostamente mostrava que os personagens haviam tido inspirações nazistas e o boato de que minions era nome adotado para identificar crianças judias usadas em experiências com gás. Na imagem em preto e branco aparecem meninos com capacetes cilíndricos com uma pequena abertura circular.

De acordo com o animador e diretor francês a foto não pode sequer ser relacionada com o nazismo, pois data do ano de 1908 e pertence ao arquivo no museu da Marinha britânica, Royal Navy Submarine Museum, e o militar à esquerda nem mesmo é alemão.

Related Posts

Comentários

Comentário