Empregada doméstica desde os nove anos de idade, Heloisa Assis, Zica, como gosta de ser chamada, conseguiu emprego em um salão de beleza aos 21 anos de idade com o desejo de conhecer o próprio fio. A ideia, na época, era abrir um estabelecimento especializado em cabelos crespos e cacheados.n-ZICA-large570

Os anos passaram e o pequeno salão de beleza de Zica virou o Instituto Beleza Natural, maior rede de salões especializada em cabelos crespos e ondulados no País. Neste mesmo intervalo, a ex-faxineira se tornou uma das 10 Mulheres de Negócios Mais Poderosas do Brasil, de acordo com a revista americana Forbes.

Para ela, o para ter sucesso é preciso ter coragem, e apostar alto! No caso da carioca Heloisa Assis, o que ela queria mostrar ao mundo a beleza do cabelo natural, algo impensável 20 anos atrás, quando a premissa era “chapar” quaisquer madeixas.

“Nos anos 90, os únicos tratamentos que existiam eram para alisar, e eu queria manter meu cabelo natural, mas com balanço e brilho”, disse. “Na minha época, o cabelo crespo – o Black – era visto como forma de desleixo. Eu mesma alisei meus fios para poder ser aceita em empregos, mas nunca me conformei com isso.”

Tanto prestígio, porém, não veio do dia para a noite. Com o emprego no salão, surgiu a oportunidade de fazer um curso para conhecer melhor os produtos de beleza. Foi quando Zica teve a ideia de criar sua própria linha para fios crespos, testando as misturas no próprio cabelo, e em casa.

Após começar a trabalhar num salão de beleza, Zica iniciou um curso para entender mais sobre produtos e, então, teve a ideia de criar os próprios produtos para cabelos crespos. Ela passou a testar produtos e misturas em casa, e após dez anos de testes conseguiu chegar a fórmula apropriada e decidiu que era hora de tocar o negócio.o-BELEZA-NATURAL-570 (3)

Com recursos financeiros escassos, ela e os sócios Rogério Assis e Leila Velez juntaram as economias, venderam o fusca do marido de Zica, e montaram o primeiro salão no Rio de Janeiro, em 1993.

O Beleza Natural contou com um outro ingrediente fundamental para seu sucesso: uma técnica semelhante à uma linha de montagem, sugerida pelos sócios de Zica, que é aplicada até hoje em todas as lojas.

“Rogério e Leila eram ex-funcionários do McDonald’s e trouxeram um processo completamente inovador para a realização dos serviços, semelhante a uma linha de montagem, além da preocupação com atendimento encantador e rígidos padrões de qualidade. Naquela época os salões menores dedicados aos cabelos crespos e ondulados não se apresentavam dessa forma e não demorou muito para as filas começarem a se formar e a equipe trabalhar até de madrugada para tentar atender toda a demanda. A expansão foi inevitável”, conta Zica.

Segundo a empreendedora, outro ponto de virada foi em 2005, quando a empresa fez parte da organização de apoio a empreendedorismo e empreendedores, Endeavor, que ajudou a criar novos planos de expansão e divulgação do Beleza Natural. Aumentando o número de unidades de cinco para 34, os colaboradores de 350 para 3.500 e os clientes foram de 16 mil para 130 mil por mês, e a linha criada por Zica também aumentou de 18 para 50, incluindo novas pesquisas para o carro-chefe da marca, o Super-Relaxante. E o salão virou instituto.

“Nosso principal diferencial é oferecer soluções para evidenciar a beleza natural dos fios cacheados. Hoje em dia há muitas soluções para cuidar dos cabelos cacheados, mas as opções, normalmente, levam a cacheada ao alisamento. Outro ponto a destacar é o nosso atendimento personalizado. Ao chegar em um dos nossos institutos, nossas clientes passam por atendimento que é realizado por etapas onde o cabelo é avaliado e direcionado para o tratamento mais indicado”, explica a empresária.

Após 22 anos, o Instituto Beleza Natural possui institutos, lojas de produtos e quiosques nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, São Paulo e em Minas Gerais, apresentando um crescimento médio de 30% no faturamento anual. Todo o sucesso e expansão da marca, no entanto, não perdeu o foco de Zica: Mulheres e homens das classes B, C e D que têm cabelos crespos e ondulados e não desejam alisá-los, e sim “deixá-los bonitos naturalmente, com cachos definidos e hidratados”.o-BELEZA-NATURAL-570 (2)

“Acreditamos na nossa proposta e fazemos essa atividade com muita paixão, sempre focando no crescimento e aperfeiçoamento contínuos”, disse Zica. “Oferecemos tratamentos, instruções e produtos para quem tem cabelo cacheado e crespo. Posso garantir que é possível manter este tipo de cabelo de forma prática, com muita beleza e saúde.”

E conclui, “acredite na sua ideia, trabalhe duro e faça tudo com muito amor. É a minha receita para quem pensa em empreender. As dificuldades sempre irão existir, mas se você tiver esses três pontos firmes, o sucesso será inevitável”.

Fonte; Brasil Post/ Fotos; Reprodução

Related Posts

Comentários

Comentário