Em entrevista à Vulture, o cineasta Quentin Tarantino (“Django Livre”) falou sobre seu novo filme, “Os 8 Odiados“, e comentou sobre como o conflito racial é central à trama ambientada durante o período da Guerra Civil dos Estados Unidos. Tarantino conta que o longa é sobre “como o país foi dilacerado por ela e suas consequências seis, sete, oito, dez anos depois”.

Assim, o conflito entre brancos e negros é essencial à trama, o que torna a história assustadoramente relevante considerando os recentes assassinatos de negros pela polícia norte-americana e o recente tiroteio em uma igreja frequentada por negros. Para Tarantino, o faroeste é o gênero que melhor expressa a época vivida durante a realização do filme – seu filme anterior, também um faroeste, discutiu a escravidão -, mas o diretor não tentou forçar essa relevância.

“Finalmente, a questão da supremacia branca está sendo discutida e as pessoas estão tentando resolvê-la. E é sobre isso que é o filme. […] Eu não estou tentando fazer ‘Os 8 Odiados’contemporâneo de forma alguma. Estou apenas tentando contar minha história. Acaba se tornando um exagero quando você tenta demais fazer isso”, afirma ele.

A narrativa, porém, já estava definida antes dos acontecimentos em Baltimore e Ferguson. “Já estava tudo no roteiro. Já estava nas cenas que gravamos. Apenas aconteceu de ser relevante neste momento. Não estamos tentando fazer o filme ser relevante – ele é relevante. Eu acho ótimo que as pessoas estejam discutindo e lidando com o racismo institucional que existe em nosso país e tem sido ignorado”, ressalta.

“Eu sinto como se este fosse um novo momento como na década de 60, quando as próprias pessoas tiveram que expor o quanto as coisas estavam feias antes de que elas pudessem mudar. Tenho esperanças de que seja isso que esteja acontecendo agora”, explica ele. A obra tem estreia no Brasil marcada para 8 de janeiro de 2016.

Os 8 Odiados acompanha uma diligência desviada de sua rota por uma tempestade de neve. Um grupo de oito estranhos formados pelo caçador de recompensas Major Marquis Warren, pelo enforcador John Ruth, pela prisioneira Daisy Domergue , o xerife Chris Mannix, o mexicano Bob, o homem pequeno Oswaldo Mobray, o vaqueiro Joe Gage e pelo confederado General Sanford Smithers ficam presos em um salão no meio do nada e à medida que a tempestade ultrapassa os limites previstos, os oito viajantes descobrem que podem não chegar a seu destino, Red Rock.

Estão no elenco Samuel L. Jackson (“Os Vingadores”), Kurt Russell (“Fuga de Nova Iorque”), Jennifer Jason Leigh (“Amores Inversos”), Walton Goggins (“Lincoln”), Demian Bichir (“A Recompensa”), Tim Roth (da série“Lie To Me”), Michael Madsen (“Pregando o Amor”), Bruce Dern (“Django Livre”) e Channing Tatum (“Anjos da Lei”).

Escrito e dirigido por Tarantino, “Os 8 Odiados” tem Richard N. Gladstein, Stacey Sher e Shannon McIntosh como produtores, Harvey Weinstein, Bob Weinstein e G. Mac Brown como produtores executivos, e Coco Francini e William Paul Clark como produtores associados.

Related Posts

Comentários

Comentário