O aplicativo Grindr anunciou na última terça-feira (12), que está se desfazendo de uma parcela majoritária das suas ações. A responsável pela compra de 60% das ações da empresa, é a companhia chinesa de internet Beijing Kunlun Tech, que desembolsou cerca de US$ 93 milhões.

O Grindr é um aplicativo voltado para o público gay, e teve o primeiro investimento internacional feito por por uma empresa chinesa. Lembrando que a situação dos homossexuais no país ainda é bastante complicada. Até 2001, a homossexualidade era tida como doença mental em listas oficiais do governo.

Em seis anos de mercado, o Grindr possui um valor de US$ 155 milhões, e a empresa chnesa não pretende fazer alterações imediatas no aplicativo. Semelhante ao Tinder, o Grindr exibe aos usuários as fotos de possíveis pretendentes que estão próximos, todos baseados nas informações de geolocalização do smartphone.

cats

“Por quase sete anos, o Grindr financiou seu crescimento e, fazendo isso, nós construímos a maior rede para homens gays do mundo”, afirmou Joel Simkhai, fundador e presidente-executivo do aplicativo. A Beijing Kunlun Tech é uma empresa de investimentos direcionada para a inserção de capital no mercado tecnológico. A sua maior concentração está no mercado de games online.

Mas mesmo com o investimento do capital chinês, não significa que o Grindr chegará à China. A empresa ainda não comentou sobre os seus planos de expansão, mas acredita-se que não chegará ao mercado asiático por enquanto.

 

 

Related Posts

Comentários

Comentário