Seguem abertas até o dia 17 de janeiro, no site da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS), as inscrições para a segunda oferta do Curso Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT)

O curso é o resultado de uma parceria entre a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) e a Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES), ambas do Ministério da Saúde (MS), e a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)-que integra a Rede de Instituições Ensino Superior da UNA-SUS- e é oferecido na modalidade de ensino à distância.

Desde que a primeira oferta foi aberta, em maio de 2015, mais de 18 mil pessoas de todos os estados do Brasil se inscreveram na iniciativa. Enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos foram os profissionais que mais participaram do curso e o Sudeste foi a região com maior percentual de inscrições ativas.

O objetivo do módulo em EAD é capacitar e sensibilizar profissionais de saúde para um atendimento adequado às demandas da população LGBT, atendendo às normativas do SUS de humanização e qualificação da atenção e do cuidado às suas usuárias e usuários em todo o território nacional.

Apesar de ser desenhado para profissionais de saúde, o curso é aberto para qualquer interessado pela temática e é certificado pela UNA-SUS e Ministério da Saúde. A UNA-SUS abrirá, ainda no primeiro trimestre deste ano, uma nova oferta para o curso, devido à expressiva procura observada ao longo dos meses.

“Este foi um processo positivo para a SGEP, para o Ministério da Saúde e para a sociedade. O curso acertou na qualidade dos conteúdos ofertados, nos processos interativos e na forma que eles foram produzidos. Trabalhamos para garantir a continuidade dessa ação, ampliando o número de inscritos certificados e incentivando que mais gestores, profissionais de saúde e usuários participem na implementação de estratégias e mecanismos de qualificação e formação na Política Nacional de Saúde Integral LGBT”, afirma a secretária de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Lenir Santos.

RESPALDO – O módulo LGBT oferecido pela UNA-SUS contempla o eixo do Plano Operativo da Política Nacional de Saúde Integral LGBT — instituída pela Portaria MS 2.836 de 1º de janeiro de 2011 — que trata sobre ‘Educação permanente e educação popular em saúde com foco na População LGBT’. A Política Nacional de Saúde Integral LGBT é conduzida pelo Departamento de Apoio à Gestão Participativa (DAGEP) da SGEP.

Para fazer sua inscrição, clique aqui.

Related Posts

Comentários

Comentário