2016 promete ser um ano nerd. Isso porque, muitas das grandes produções que pretendem lotar os cinemas esse ano são adaptações de gibis celebradas e continuações de filmes de super heróis também já consagrados. Mas não só isso. Reboots de clássicos populares, e continuações de filmes de terror bem-sucedidos.

Em 2015, a indústria cinematográfica norte-americana comemorou um número recorde de arrecadação, graças a filmes como Minions, Jurassic World e Star Wars – Episódio VII, que romperam fácil a barreira das bilheterias bilionárias. Esse ano, ao que parece, novos recordes virão. Então, abaixo, segue uma pequena lista dos blockbusters mais esperados por esse vos escreve. E em ordem cronológica.

10 – O Regresso

blockbusters o regresso

Esse parece que será o filme que dará o tão aguardado Oscar de melhor ator a Leonardo Dicaprio. A história de um homem que jura vingança contra aqueles que o deixaram para morrer numa América do século XIX é dirigida por Alejandro González Iñárritu e provocou certo frisson por conta de cenas fortes e perigosas protagonizadas pelo astro de Titanic. “O Regresso” estreia no Brasil já em fevereiro, semanas antes da premiação.

09 – Ave, César

blockbusters Ave, César

No dia 10 de março aporta em nossas salas de projeção “Ave, César”. Quer motivos para vê-lo? George Clooney, Scarlett Johanson, Channing Tatum e Tilda Swinton numa comédia sobre o cinema escrita e dirigida pelos irmãos Cohen, os caras por trás de “Onde os Fracos Não Tem Vez” e “Fargo”.  Para mim isso já é o suficiente.

08 – Batman vs Superman – A Origem da Justiça

blockbusters batman vs superman

Agora sim… uma das HQs mais celebradas do mundo ganha a sua adaptação pelas mesmas mãos megalomaníacas de Zack Snyder, responsável pelo imenso “Homem de Aço”. Com uma campanha de marketing massiva e muito burburinho gerado pelos supostos elogios recebidos pela atuação de Bem Affleck como o homem morcego, “Batman vs Superman”, pode quebrar recordes de bilheteria e ser responsável por estremecer o império cinematográfico da Marvel. No dia 24 de março, só restará escombros em Metrópolis. E nos nossos cinemas também.

07 – Mogli – O Menino Lobo

blockbusters mogli o-menino-lobo

A clássica história do “Livro das Selvas”, imortalizada pelo clássico desenho animado da Disney lançado em 1967, ganha uma nova roupagem e promete um visual espetacular, a julgar pelo lindo trailer divulgado. Como as vozes de Idris Elba e Scarlett Johanson, o filme mistura live action e uma computação gráfica arrebatadora e é dirigido por Jon Favreau, o competente comandante de Homem de Ferro 1 e 2. Dia 14 de abril numa selva, digo, num cinema mais próximo de você.

06 – Capitão América – Guerra Civil

blockbusters Capitão América – Guerra Civil

Se depender do bandeiroso e de metade da equipe dos Vingadores que estarão aqui, “Batman vs Superman” não provocará nem cócegas no universo cinematográfico Marvel. A HQ, uma das mais famosas da Casa de Ideias, servirá de fonte para um longa que promete provocar uma revolução na saga dos Vingadores, se os trágicos eventos do material-fonte forem mantidos. Além disso, o Homem-Aranha volta finalmente e fará o seu debut na equipe, o que vem gerando uma imensa expectativa. É esperar o dia 28 de abril e conferir.

05 – X-Men: Apocalipse

blockbusters X-Men Apocalipse

“X-Men: Apocalipse” vem gerando críticas por conta do visual do seu vilão, gerando piadas e memes na internet, mas é inegável que todos querem vê-lo assim mesmo. Isso porque, a equipe liderada por Charles Xavier é uma das mais queridas entre os filmes de super-heróis e, apesar de um… esquecível “Dias de um Futuro Esquecido”, a promessa é de que esse será o mais “épico” (em se tratando do universo de quadrinhos no cinema, leia-se épico como catastrófico) filme dos mutantes. Isso a gente confere a partir do dia 19 de maio.

04 – Invocação do Mal 2: A Evocação

blockbusters Invocação do Mal 2 A Evocação

O primeiro Invocação do Mal foi um surpreendente sucesso de bilheteria. O filme, que custou cerca de 20 milhões de dólares, acabou rendendo mais de 300 milhões no mundo inteiro. Dirigido por James Wan (de Sobrenatural 1 e 2), “Invocação do Mal” arrebatou público e crítica com uma trama simples, contada por uma direção que evocava os clássicos do gênero e que provocou arrepios em plateias do mundo todo. Uma sequência era inevitável. Como todos os envolvidos pelo fenômeno voltam (os excelentes Vera Farmiga e Patrick Wilson reprisam os seus papéis dirigidos novamente por Wan), é quase certo que o sucesso, financeiro e de qualidade, estejam garantidos. Dia 09 de junho, nos cinemas.      

03 –  As Caça-Fantasmas

blockbusters As Caça-Fantasmas

Sim. AS. Caça-Fantasmas. Um dos maiores clássicos da Sessão da Tarde vai ganhar um reboot pelas mãos do sempre ótimo Paul Feig (do maravilhoso “A Espiã que Sabia de Menos”). No elenco, Melissa Macarthy, Kristen Wiig, Leslie Jones e Kete McKinnon prometem entregar um dos melhores filmes do ano. Sim, estou empolgado assim. 14 de julho, a gente já sabe quem chamar.

02 – Star Trek – Sem Fronteiras

blockbusters Star Trek – Sem Fronteiras

Em 2009, J.J. Abrams foi o responsável por reintroduzir o universo de Star Trek a um público mais jovem, além de agradar (e muito) aos fãs da saudosa série clássica, exibida na TV nos anos 60. 6 anos depois, Abrams (agora no comando de outra saga espacial venerada) volta apenas como produtor executivo e deixou a direção à cargo de um insípido Justin Lin (responsável por alguns filmes “Velozes e Furiosos”). O que é para ser motivo de desconfiança, porém, pode se torar uma bem-vinda e arejada mudança de direção, uma vez que Lin pode levar a saga aos patamares dos filmes de ação, ao contrário do tom reverencial adotado por Abrams nos dois “Treks” que dirigiu (além do de 2009, em 2013 ele comandou o “Além da Escuridão”). Ademais, o roteiro, assinado por Simon Pegg, vem recebendo inúmeros elogios por parte da equipe. 21 de julho nos cinemas.

01 – Star Wars – Rogue One

blockbusters Star Wars – Rogue One

A ideia da Disney é trazer até 2020 um filme do Star Wars por ano. Isso mesmo. Um filme por ano até 2020. Um. Por ano. Até 2020. Entre a nova trilogia oficial e os spin offs (filmes derivados que não estão diretamente ligados à uma série ou filme específico, mas que faz parte  do mesmo universo) serão 6 filmes. O primeiro spin off é esse “Rogue One”, que conta uma história paralela à saga do Skywalker, ocorrida antes dos eventos narrados em “Episódio IV – Uma Nova Esperança”, de 1977. O longa será dirigido por Gareth Edwars (do ótimo Godzilla) e tem Madds Mikelsen e Felicity Jones no elenco. Confesso que não esperava muito esse filme, e ainda acho que essa decisão de ter um Star Wars por ano é arriscadíssima, mas depois do belíssimo trabalho que J.J. Abrams apresentou em “O Despertar da Força” confesso que a ansiedade em mim acabou sendo… despertada.  Num muito distante 15 de dezembro nos cinemas.

BG Raphael Travassos

Related Posts

Comentários

Comentário