O Grupo Gay da Bahia (GGB), uma das entidades LGBT mais reconhecidas do País, divulgou, na semana passada que irá entrar com processo contra o apresentador e dono do SBT, Silvio Santos.

A decisão foi tomada após comentários considerados homofóbicos pela entidade que foram feitos ao ator João Guilherme, no Programa Silvio Santos, no domingo, dia 10.

Durante a atração, o apresentador disse que o ator, que ainda é criança, tinha lábios de ‘bicha’ e que na novela que ele faz – “Cúmplices de um Resgate” (SBT) – ele ‘parecia uma bichinha’.

“O ‘bichinha’ deu a entender pela forma que o jovem se apresentou. João está em processo de formação de sua estrutura física, vocal, personalidade, o constrangimento causado por Silvio pode deixar sequelas na vida do adolescente, inclusive ser vitima de bullyng no ambiente escolar por outros colegas malvados”, afirmou Marcelo.

O GGB vai representar judicialmente contra o apresentador Silvio Santos por homofobia e estímulo a utilização de termos pejorativos que, entre jovens, podem causar depressão e evasão escolar, considerando que nesses ambientes os adolescentes chamam os outros de “bichinha”.

Veja também: EMPODERAMENTO E DESCONSTRUÇÃO NO PROJETO “BICHAS, O DOCUMENTÁRIO”

João Guilherme é filho do cantor sertanejo Leonardo e namorado da atriz teen do SBT Larissa Manoela. Desde o último domingo, os comentários do apresentador geraram repercussão nas redes sociais.

Related Posts

Comentários

Comentário