Chega esse mês no cinema o filme Nise — O coração da loucura, com estreia prevista para o dia 21, o longa narra a história da psiquiatra alagoana Nise da Silveira (1905-1999), pioneira no uso da terapia ocupacional para tratamento de esquizofrenia e outras doenças mentais.

Dirigido por Roberto Berliner, o filme traz para as telas Glória Pires no papel principal, e se concentra no período em que Nise sai da prisão, onde foi parar por porte ilegal de literatura comunista nos anos 1930, e assume o Setor de Terapia Ocupacional do Hospital Psiquiátrico Pedro II, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio (hoje, atual instituto Nise da Silveira).

Quando a médica se recusa a empregar tratamentos como eletrochoque e lobotomia e começa a defender o uso de arte e outras formas afins, inicia uma revolução no meio psiquiátrico. “Eu não acredito na cura pela violência. Eu não sou capaz de fazer aquilo”, Nise costumava dizer.

O longa foi filmado durante dois meses no Instituto Nise da Silveira, onde foram revelados grandes nomes das artes plásticas, como Emydgio de Barros, Raphael Domingues, Lucio Noeman e Fernando Diniz. A descoberta do talento deles é apresentada no filme, que mostra o primeiro contato com a tinta, o pincel e o barro.

Veja também: O CINEMA DE COSTA-GAVRAS NA HISTÓRIA DAS DITADURAS

“O filme é atemporal. O que traz de informação cabia naquela época e cabe ainda hoje. Porque, mais do que partidos políticos, trata da política que se tem na vida. De que lado você vai trabalhar, o que te interessa”, enfatiza Glória.

Sobre os ideais feministas de Nise, a atriz afirma que ela era ousada por não se deixar encaixar em termos, mas por acreditar em seus ideais e seguir mesmo contra a vontade de outros. “Ser feminista não quer dizer que você não possa ter uma vida familiar ou estar no seu papel tradicional de esposa e mãe. Isso não desmerece nenhum lado do feminismo. O feminismo é mais do que um padrão a seguir, independe de que papéis você vai ter na vida íntima e pessoal. Essa liberdade é importante”, destaca a Glória.

Assista ao trailer de Nise — O coração da loucura:

Related Posts

Comentários

Comentário