A segunda temporada de Sense8, série sensação da Netflix criada pelas irmãs Lana e Lily Wachowski, da trilogia Matrix, terá cenas gravadas na 20ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. A cidade foi escolhida pelo produtor Bill Bowling, que também cogitou fazer as cenas nas paradas de Madrid e Buenos Aires.

A página da Spcine confirmou a informação nesta terça-feira (1), acrescentando que a articulação para trazer as gravações para o Brasil foram feitas em parceria com a Coordenação de Políticas para LGBT da Secretaria Municipal de Direitos Humanos.

“Apesar de ainda estarmos trabalhando em uma política de incentivo fiscal para produções estrangeiras, o profissionalismo dos paulistanos e a Avenida Paulista, que é o cenário da maior parada LGBT do mundo, foram decisivos para conquistar o Bill”, afirma Eduardo Raccah, coordenador internacional da Spcine.

A 02 Filmes, produtora do cineasta Fernando Meirelles, será a responsável pelas gravações.

Veja também: “SAIR DO ARMÁRIO ME FEZ VOLTAR A AMAR MEU TRABALHO”, AFIRMA ELLEN PAGE

Sense8

A série da Netflix estreou no ano passado com um elenco que provavelmente é o mais diverso já visto em uma série de TV. Gays, lésbicas, trans, latinos, negros, asiáticos: todos estão representados na série do canal, cuja história gira em torno de oito pessoas em oito cidades que começam a experimentar as sensações umas das outras. E para as estrelas da série que vieram ao Brasil para a Comic Con Experience, essa escalação representa um avanço positivo na TV.

Em entrevista para o UOL, Jamie Clayton atriz transexual que interpreta Nomi – também uma mulher trans, assim como a diretoras, “toda vez que alguém que não era representado na TV começa a ser, acho que é uma coisa boa. Seja diferentes etnias, gênero, sexualidade. Ainda há um longo caminho, mas acho que estamos fazendo um bom trabalho ao retratar diversidade”.

Para Aml Ameen, que interpreta o queniano Capheus, o sucesso e a importância da série está no modo como trata essa questão. “As Wachowskis estão fazendo isso de uma forma muito natural. Começa no conceito da série, e então eles a tornam global para mostrar que nós somos mais semelhantes do que pensamos”.

A série ainda não tem data prevista para estreia, e há rumores de que só será lançada no próximo ano.

Related Posts

Comentários

Comentário