Uma casa noturna LGBT de Goiânia foi alvo de polêmica essa semana após viralizar nas redes sociais com uma imagem da entrada da boate com um pôster de uma criança.

A imagem mostra uma criança sem camiseta, segurando um balão e com uma coroa vendando os olhos. Ela foi desenvolvida pelo artista contemporâneo Roy Nachum. O encarte do disco também conta com uma poesia de Chloe Mitchell escrita em braile.

Internautas, no entanto, não entenderam a referência e fizeram críticas pesadas ao estabelecimento. “Achei ridículo, nada a ver a imagem de uma criança na porta de uma boate gay ou qualquer um outra”, questionou uma usuária do Facebook.

Veja também: ADORE DELANO É A PRIMEIRA DRAG A TER UM ÁLBUM #1 NAS PARADAS DA BILLBOARD

“Pode ser que eles querem dizer que quem é gay é desde criança, sei lá”, tentou argumentar outro. “Estou vendo é uma imagem de uma criança desnutrida”, alegou mais um internauta.

Para a titular da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente de Goiânia (DPCA), Paula Meotti, não há indícios de nenhuma ilegalidade relacionada a menores. “Em tese, seria algo mais ligado a direito autoral. O que não poderia era a foto incitar atos libidinosos com a criança, o que não é o caso. Vemos propaganda usando crianças todos os dias, então isso não é um problema, já que ela não está em risco”, explicou.

Related Posts

Comentários

Comentário