A partir desta quarta-feira, dia 04 de maio, começa a ser exibido no Canal Brasil, em formato de série, o documentário Drag-se. A notícia foi divulgada no perfil oficial do projeto no Facebook! Os episódios irão ao ar todas as quartas, ás 20h45.

A série é protagonizada por jovens artistas cariocas que difundem a cultura drag e tem, como principal elemento condutor de narrativa, 13 episódios em linguagem documental, cada um apresentando uma queen em seu cotidiano.

A cultura drag queen vai muito além da utilização de roupas extravagantes e maquiagem excessiva. A arte de adotar um figurino excêntrico e feminino é uma atitude revolucionária e política, de fundamental papel na discussão de construção e desconstrução de gêneros, quebra de preconceitos e estereótipos, alimentação da cultura pop e na relevância das temáticas da comunidade LGBT.

A série da diretora Bia Medeiros acompanha o dia a dia de 13 transformistas, abordando questões relativas a essa forma de arte performática. O público vai conhecer Alma Negrot, Aretha Sadick, Aurora Boreallis, Azazel, Charlie, Chloe Van Damme, Danjah Patra, Maria Paju, Nataliya Goncharova, Natasha Fierce, Pandora Yume, Ravena Creole e Serena Signus.

Veja também: PRODUÇÕES BRASILEIRAS SOBRE O UNIVERSO TRANSEXUAL ESTREIAM NO PRÓXIMO ANO

Cada episódios apresenta uma transformista em seu dia a dia. Algumas se montam por hobby; outras por questões políticas; e há as que o fazem apenas por realização pessoal. A câmera segue os passos de seus retratados em casa, com a família e os amigos, ou indo para o trabalho, ainda em trajes convencionais, e o momento de transformação, quando a extravagante maquiagem, a peruca, o salto e as festas entram em cena.

Assista ao trailer de Drag-se:

Related Posts

Comentários

Comentário