O ex-jogador de futebol Jonathan de Falco ganhou destaque esse mês ao estrelar (e ganhar prêmios) por seu trabalho na indústria no cinema pornô gay.

Flaco tinha o sonho de ser jogador de futebol, e após construir uma carreira na Bélgica, seu país de origem, atuando por clubes da segunda e da terceira divisões, sem conseguir chegar à elite do esporte, aos 26 anos, sofreu uma lesão que o deixou vários meses longe dos gramados.

Foi esse problema que acelerou uma mudança radical na vida de Falco. Paralelamente à longa recuperação da lesão, montou uma clínica de fisioterapia. Nas horas vagas, ele passou a frequentar mais baladas e festas. Em uma delas, recebeu o convite para dançar como gogo boy e aceitou, encerrando a carreira de jogador ainda jovem.

Mas antes disso, ainda terminou com a namorada e assumiu sua homossexualidade. “Sempre me senti atraído por homens, mas ninguém nunca desconfiou. Agora me sinto muito melhor. Se soubessem disso no futebol, eu teria enfrentado muitos problemas. O mundo do futebol não está disposto a aceitar jogadores abertamente gays”, disse.

Pouco tempo depois, recebeu mais um convite: atuar no cinema pornô gay. Topou e já ganhou dois prêmios como revelação da indústria, um deles foi o Hustlaball, o Oscar do pornô gay, com o nome artístico de Stany Falcone.

Related Posts

Comentários

Comentário