O presidente dos EUA, Barack Obama, está planejando a construção de um monumento para homenagear à luta pelos direitos da comunidade LGBT. O projeto, inédito no país, seria realizado próximo à Greenwich Village, em Manhattan, Nova York, conhecida como o berço do movimento LGBT no país, após a revolta de Stonewall.

Na próxima segunda-feira as autoridades federais irão discutir o projeto em audiência. O desejo da Casa Branca seria a posse do terreno para começarem a construção até o início de junho, quando é comemorado o orgulho LGBT.

Em 28 de junho de 1969, aconteceu a revolta de Stonewall, onde a polícia invadiu um bar frequentado por homossexuais na região, resultando em protestos que duraram vários dias. Para os apoiadores do novo monumento, sua construção reforçaria a luta contra a discriminação sexual e de gênero, que levaram a Suprema Corte a legalizar o casamento de pessoas do mesmo sexo no ano passado.

Essa decisão do presidente norte-americano vem como uma resposta ao momento político em que vive o país, onde vários estados tentam anulam as proteções legais para pessoas travestis, transexuais, transgêneros, gays, lésbicas e bissexuais.

Veja também: PREFEITO DE BOSTON HASTEIA BANDEIRA DO ORGULHO TRANSEXUAL NA SEDE DA PREFEITURA

A maioria dos monumentos nacionais americanos destaca paisagens icônicas ou históricas. A nova construção, refletiria a diversidade da população daquela localidade. Esta não é a primeira vez que Obama tenta homenagear as conquistas sociais. No ano passado, ele organizou em Chicago a construção do Monumento Nacional Pullman, que homenageia a luta por direitos trabalhistas e civis nos anos 1880.

Related Posts

Comentários

Comentário