O trailer de King Cobra foi divulgado nesta segunda-feira, e dá o tom do que vem pela frente. Um James Franco mergulhado no mundo da pornografia gay, além de Christian Slater (Mr. Robot), Molly Ringwald (O Clube dos Cinco) e Alicia Silverstone (As Patricinhas de Beverly Hills).

A trama narra a trajetória de ascensão do astro do pornô gay Brent Corrigam, que  começou em 2006, quando a pornografia na internet era mais limitada. Corrigan hoje é dono de um dos sites de pornografia gay mais acessados e valiosos do mercado.

O filme fez sua estreia no Festival de Tribeca e causou polêmica pelas cenas de sexo. Com roteiro de direção de  Justin Kelly, ele conta como foi o processo de filmagem, em entrevista com a Entertainment Weekly.

“Nós discutimos com cada um deles até onde eles se sentiriam confortáveis em ir”, disse. “Cada cena ou momento escandaloso está lá só se ela ajudar a levar a história adiante. Então não é só ter cenas de sexo porque a história é sobre a indústria pornô gay, é sobre levar os personagens e a história adiante”.

Kelly disse ainda que o momento mais constrangedor das filmagens foi uma cena entre Franco e Keegan Allen em que os dois estavam “completamente nus e usando um negócio que eles chamam de meias de pinto“.

keegan_allen_and_james_franco_460_by_470

“Foi um daqueles momentos em que, mesmo eu tendo escrito e dirigido o filme, eu fiquei meio chocado com o que estávamos fazendo”, riu o cineasta.

O filme estreia nos EUA dia 21 de dezembro, e nós estamos curiosos pelo que vem por aí, mas enquanto o filme não sai, o que vocês acharam deste trailer?

Related Posts

Comentários

Comentário