Wentworth Miller, conhecido por protagonizar a série Prison Break, está na capa da revista britânica Attitude, onde falou abertamente sobre sua sexualidade.

Em 2013, o ator declarou publicamente ser homossexual, como uma forma de repudiar a aprovação de leis anti-LGBT na Rússia, e, aproveitando sua visibilidade com o retorno da série, deixou uma mensagem emocionante para a comunidade LGBT.

“Eu diria o que outras pessoas já falaram: um dia tudo melhora, você vai encontrar a sua tribo. Você só tem que acreditar que as pessoas estão por aí, esperando para te amar e celebrar você por você ser quem é. Entretanto, a realidade é que, às vezes, você ter que ser sua própria tribo. Você pode ter que ser o seu próprio melhor amigo. Isso não é algo que vão te ensinar na escola. Então comece o trabalho de amar a si mesmo“, disse.

Recentemente o ator revelou ter tentado o suicídio várias vezes quando era um adolescente enrustido e, mais tarde, quando começou sua carreira. “Na primeira vez que tentei me matar, eu tinha 15 anos. Eu esperei até que minha família viajasse no fim de semana e eu ficasse sozinho em casa. Engoli um frasco de comprimidos”.

“Quando alguém me perguntou se havia sido um grito de socorro, eu disse que não, porque eu não revelei meus planos a ninguém. Você só pede ajuda se acredita que é possível ser ajudado. Eu queria partir”, disse. Como uma estrela de TV, Wentworth conta que teve várias oportunidades de assumir sua homossexualidade, mas escolheu não fazer isso.

“Quando eu pensei sobre a possibilidade de sair do armário e como isso iria impactar na carreira que trabalhei tão duro para ter, eu me enchi de medo”, lembra. Em 2011, a pressão se tornou insustentável e Wentworth deixou de atuar.

Mas quando soube das leis opressivas contra a comunidade LGBT na Rússia e recebeu um convite para participar do Festival de Cinema de São Petersburgo, o ator decidiu falar publicamente sobre sua orientação sexual. “Eu pensei: ‘Deixe-me ser para alguém aquele que ninguém foi para mim'”, disse Wentworth.

Related Posts

Comentários

Comentário