O fotógrafo Alan Light disponibilizou recentemente uma série de registros que ele fez das Paradas do Orgulho dos anos 80 e 90 nos Estados Unidos, e são fotos incríveis. Retratos históricos de um momento em que a luta pela visibilidade e garantia de direitos ganhava mais força.

“Nunca me ocorreu que em algum momento elas iriam ser encaradas como históricas ou que um dia eu poderia compartilhá-las facilmente e amplamente em algo chamado de internet”, disse Alan em entrevista ao site Queerty. Segundo ele, a Parada do Orgulho decolou de uma forma que muita gente não espera, com diversos patrocinadores e celebridades se envolvendo cada vez mais no evento.

Em 1978, Harvey Milk se tornara o primeiro político abertamente gay eleito nos Estados Unidos, para a junta legislativa da cidade de São Francisco, e em apenas dez meses foi assassinado por um político conservador da cidade. Apesar de sua curta passagem pela política, Milk se tornou ícone e inspiração para São Francisco. Sua morte causou comoção nacional e foi tema de diversas manifestações.

Ano após ano, as Paradas começaram a ganhar cada vez mais adeptos, e passaram a ser realizadas no último fim de semana de junho. Em 1981 a Parada Gay de Nova York já contabilizava cerca de 50 mil participantes.

Confira o acervo de Alan Light:

parada-gay-eua-2

parada-gay-eua-3

parada-gay-eua-5

parada-gay-eua-6

parada-gay-eua-7

parada-gay-eua-9

parada-gay-eua-8

parada-gay-eua-10

parada-gay-eua-12

parada-gay-eua-13

parada-gay-eua-14

parada-gay-eua-15

parada-gay-eua-16

 

Related Posts

Comentários

Comentário