A onda conservadora  avança sobre o mundo todo, e na França não seria diferente. Neste domingo (16), uma manifestação contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo tomou as ruas de Paris, já numa tentativa de influenciar a próxima eleição para presidente da França, que neste momento está na fase de escolha de candidatos pelos partidos.

De acordo com o grupo que organizou o protesto, o ato contou com a participação de 200 mil pessoas, enquanto as autoridades locais apontam para a presença de apenas 24 mil manifestantes.

Atualmente, os partidos de centro e direita estão em meio às primárias para escolher o candidato presidencial. A grande maioria dos postulantes, no entanto, se posicionou contra a lei de 2013 que autoriza o casamento entre pessoas do mesmo sexo, algo que foi cobrado neste domingo.

O único que defendeu abertamente a derrubada da lei nas primárias conservadoras foi o democrata-cristão Jean-Frédéric Poisson, que, segundo as pesquisas já realizadas, é o que menos tem intenções de voto para o pleito.

Related Posts

Comentários

Comentário