Já fizemos uma lista dos melhores filmes LGBT para assistir na Netflix e uma lista com os melhores filmes LGBT nacionais. Agora chegou a vez de descobrir nossos tesouros escondidos  no catálogo da Netflix. Tem muita coisa boa, mas a gente sabe que podia ter mais…

De filmes desconhecidos aos sucessos de bilheterias. O cinema recifense marca presença nesta lista, e ainda um pouco da história do Brasil. Além do cinema contemporâneo, do humor ao drama. Vem descobrir essas histórias e não deixa de comentar o que você  mais gostou, ou sugerir algum  filme que esquecemos.

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO

eu-nao-quero-voltar-sozinho-lacuna-filmes

O filme do Daniel Ribeiro foi um sucesso de bilheteria contradizendo as previsões que diziam que um filme com temática gay e adolescente não levaria o público ao cinema. Pois levou. A história do Léo encantou todo mundo, e por quê não dizer todo o  mundo. O filme foi escolhido pra representar o Brasil no Oscar 2015, mas não chegou a ser selecionado como filme estrangeiro, mesmo assim a visibilidade tanto para o filme, quanto para a temática foram incríveis, aliás, nos anos de 2014/2015 os três filmes brasileiros que concorreram a vaga eram com temática gay (Praia do Futuro e Tatuagem).

Em Hoje eu quero voltar sozinho, Leonardo é um adolescente cego que, como qualquer adolescente, está em buscando seu lugar e desejando ser mais independente. Ele precisa lidar com suas limitações e a superproteção de sua mãe. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos em Leonardo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo.

BRUNA SURFISTINHA

bruna-surfistinha-deborah-secco

Um dos filmes mais marcantes da carreira da Deborah Secco, o filme de Marcus Baldini conta a história da blogueira e ex-garota de programa Raquel Pacheco/Bruna Surfistinha, que fugiu de casa para se tornar uma garota de programa.

O longa é forte e divide opiniões, mas uma coisa é certa, a entrega e a interpretação da Deborah Secco vale muito a pena.

PARAÍSOS ARTIFICIAIS

30_fha_rshow_paraisosartificiais3

O filme de Marcos Prado narra a história de amor de Nando e Érika, e é daquelas histórias que te deixa conectado do começo ao fim. Dividido em três atos: o primeiro se passa em Amsterdã, para onde Nando viaja com seu amigo Patrick e conhece Érika, DJ internacional; o segundo, alguns anos antes, em uma rave na beira do mar; o terceiro, se passa no Rio de Janeiro, cidade natal de Nando, quando ele enfrenta problemas com seu irmão mais novo, Lipe.

OLGA

olga-678x353

Olga Benário foi uma militante comunista desde jovem, que é perseguida pela polícia e foge para Moscou, onde faz treinamento militar. Lá ela é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes ao Brasil para liderar a Intentona Comunista de 1935, e acaba se apaixonando por ele na viagem. Com o fracasso da revolução, Olga é presa com Prestes. Grávida de 7 meses, é deportada pelo governo Vargas para a Alemanha nazista e tem sua filha Anita Leocádia na prisão. Afastada da filha, Olga é então enviada para o campo de concentração de Ravensbrück. Quem assina a produção é o Jayme Monjardim.

EU NÃO FAÇO A MENOR IDEIA DO QUE EU TO FAZENDO COM A MINHA VIDA

cena-de-eu-nao-faco-a-menor-ideia-do-que-eu-to-fazendo-com-a-minha-vida-de-matheus-souza

A produção de Matheus Souza chegou cheia de expectativa com a atriz e cantora Clarice Falcão no papel principal da Clara, um menina um tanto quanto indecisa em relação às suas escolhas. Ela está cursando a faculdade de Medicina por pressão familiar e não por vocação. Sem contar para ninguém o que está sentindo, ela passa a matar aulas no período da manhã. Durante essas aventuras matutinas, Clara conhece um rapaz que a ajuda a encontrar um norte para sua vida.

VIP’s

wagner-moura-em-cena-do-filme-vips-de-toniko-melo-1300743373568_560x400

Pare tudo o que você está fazendo e vá assistir esse filme!

Quando Toniko Melo decidiu filmar a história do Marcelo da Rocha ele devia estar muito inspirado. Se você não sabe quem foi Marcelo, bom, ele foi empresário, aviador, líder de facção criminosa, rico e famoso. Vigarista, ele enganou as autoridades, celebridades, jornalistas e até os guardas da prisão de Bangu, usando 15 identidades diferentes.

Escrito por Thiago Dottori e pelo coroteirista de Cidade de Deus, Bráulio Mantovani, com base no livro de Mariana Caltabiano “VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso”, e interpretado por Wagner Moura.

O SOM AO REDOR

O cinema do Kleber Mendonça Filho dispensa apresentações, não é mesmo?! O som ao redor apresenta a vida numa rua de classe-média na zona sul do Recife, até a chegada de uma milícia que oferece a paz de espírito da segurança particular. A presença desses homens traz tranquilidade para alguns, e tensão para outros, numa comunidade que parece temer muita coisa. Enquanto isso, Bia, casada e mãe de duas crianças, precisa achar uma maneira de lidar com os latidos constantes do cão de seu vizinho. Uma crônica brasileira, uma reflexão sobre história, violência e barulho. Não tem como não assistir!

ESTAMOS JUNTOS

still-estamos-juntos-1-large

Primeiramente Leandra Leal é extremamente competente em tudo que faz. No longa de Toni Venturi ela interpreta Carmem, uma mulher independente, que deixou a pequena cidade de Penedo, no interior do Rio de Janeiro, para realizar o sonho de ser médica em São Paulo, onde vive sozinha, tendo Murilo como único amigo. De vez em quando tem algum relacionamento, mas apenas para atender suas necessidades sexuais. Carmem não quer envolvimento, tanto que esconde do outro seu passado. Ela é uma pessoa solitária e sente-se bem com isto. Até o dia em que a possibilidade da morte bate à sua porta…

Related Posts

Comentários

Comentário