O Rio de Janeiro será palco dos Jogos Kings e Queens, primeira Olimpíada Drag do Brasil. Idealizada pelos grupos Drag-se e BiciQueer, o evento acontece neste sábado (29), as 14 horas no Parque do Flamengo, em frente ao MAM, e para assistir à competição é só comparecer ao local com um quilo de alimento não perecível.

“É a chance de botar todas as suas habilidades em jogo, subir no pódio, ajudar uma instituição e celebrar nossa diversidade. No próprio evento, vamos recolher alimentos não perecíveis que serão doados para a Casa Nem (ONG gerida por travestis e transexuais)”, prometem os organizadores da competição com cinco modalidades esportivas. Confira quais são elas:

Salto na vara – Participantes terão que acertar o salto alto e derrubar um consolo de plástico. Quanto mais distante o consolo, mais pontos.

Bate cabelo à distância – A pessoa vai bater o cabelo e arremessar ele o mais longe possível. Ganha quem cruzar a linha de chegada primeiro.

Três cortes – Esporte jogado em círculo, mantendo uma boa distância uma pessoa da outra, a bola é lançada de mãos em mãos. Quem lança a bola tenta acertar o concorrente.

Deathdrop sincronizado – Candidatos precisam impressionar os juízes com seu envolvimento, desenvoltura e animação.

whatsapp_image_2016-10-24_at_14-09-31

Ravena Crelo para a Jogos Kings e Queens (Foto: Arquivo Pessoal)

Futebol – Jogo de futebol clássico entre as drags inscritas.

Para todas as modalidades haverá um pódio, com medalha e prêmio de maquiagem da MAC. O evento também contará com abertura e tocha olímpica. “Vou me sair bem no três cortes porque eu já jogo vôlei e salto na vara porque minha mira é boa. No futebol, eu nem me arrisco. Vai ter muito ‘close’ e diversão. Espero ganhar o prêmio. Maquiagem nunca é demais”, comenta a Drag Queen Ravena Creol , que já se prepara para a competição.

Related Posts

Comentários

Comentário