A cantora e ídolo pop já havia se posicionado contrária a candidatura de Trump, e ficou irritada após Melanie Trump afirmar que se comprometeria a combater o bullying cibernético caso o marido ganhe a eleição.

Pelo twitter, Gaga chamou de “hipócrita” a aspirante a primeira dama, e convocou seus little monsters a votarem em Hillary.

“Seu marido é um dos valentões (bullies) mais notórios que já testemunhei”, disse a cantora.

Em um discurso na quinta-feira, a esposa de Trump disse que “nunca está tudo bem quando uma menina ou menino de 12 anos se sente intimidado. É terrível quando isso acontece no campo de jogos. E é absolutamente inaceitável quando é feito por alguém que se esconde na internet”.

Gaga também deixou claro o que pensa sobre o bilionário, que tem sido fortemente criticado por justamente seu comportamento on line durante a campanha.

“@realDonaldTrump Você nos dividiu com a linguagem de ódio e medo”, escreveu ela.

“Eu amo todos neste país e eu voto @HillaryClinton para nos unir.”

Ela ainda mudou o nome do seu perfil na rede para #VoteHillary, e repetiu suas mensagens durante uma apresentação a um talk-show japonês neste final de semana.

Related Posts

Comentários

Comentário