Paróquia Sant’Ana em Itaquera (SP) publicou em sua página no Facebook, a comemoração ao Dia Internacional da Drag Queen, onde recebeu a paroquiana e Drag, Dindry Buck,  falando sobre a importância de lembrar esse dia e a sua missão de levar a alegria para o mundo. A postagem gerou repercussão e vários comentários sobre a inusitada presença da Drag em comemoração ao seu dia.

cats

Questionada acerca do posicionamento da paroquia sobre a homossexualidade, a resposta foi certeira:

lasa

A postagem já conta com mais de 2 mil curtidas e quase mil compartilhamentos.

A paróquia também já teve destaque no ano passado, quando incluiu em suas preces uma súplica em prol do diálogo sobre as sexualidades, pedindo que as igrejas cristãs possam superar a demonização das relações afetivas, além de pedir pelo fim da criminalidade social e respeito aos direitos dos homossexuais.

Para o padre Paulo Sérgio Bezerra, de 62 anos, é muito importante trabalhar estas temáticas que não são debatidas como deveriam. “Há pouquíssimas iniciativas mais ousadas aqui e ali, no sentido da homossexualidade. É um tabu e tratar disso num contexto litúrgico, uma aberração e ‘heresia’ para certo tipo de catolicismo acostumado a sublimar isso como coisa impura”, disse.

Para a paroquiana Sônia Helena, a forma de relacionar os tópicos presentes na sociedade com a religiosidade é benéfico para os fiéis. “Em meio a tanto preconceito no mundo, com estas presenças entre nós, sentimos que ainda há esperança”, afirma.

Related Posts

Comentários

Comentário