Após ser abandonado pela família e passar mais de seis anos na fila de adoção, em Gurupi, sul do Tocantins, um adolescente de 13 anos finalmente ganhou um novo lar. O garoto foi adotado pelo casal Christian Sebastian, 24 anos, e Natalino Ferreira, 34.

De acordo com o G1, os dois souberam do caso do adolescente através de uma rede social. O menino foi parar no local aos 7 anos, em 2010, após ser encontrado por policiais perambulando pelas ruas da cidade. O órgão disse que a mãe dele cumpria pena na Cadeia Feminina de Figueirópolis e expunha o filho à situações de risco e maus tratos. Por causa disso, ela perdeu a guarda do adolescente.

casal-pheeno-capa-2Durante seis anos ninguém se interessou em adotar o adolescente. Até que, há 90 dias, o casal soube da história de vida dele através das redes sociais. “Quando eu soube da história, averiguei, entrei em contato com a coordenadora do abrigo e passei os meus dados”, relatou Natalino. Somente após procurar a Defensoria Pública do Tocantins, o casal obteve a guarda provisória, com o estágio de convivência por quatro meses.

“Eu pedi para a coordenadora do abrigo perguntar se ele queria ser adotado por um casal de homens. Ele respondeu: ‘Obrigado Deus, eu pedi uma família’. Isso nos deu força”, disse emocionado. O adolescente se mudou com os novos pais para Maringá no domingo (04/12), e desde então vive uma nova realidade. “Perguntei se ele está gostando de ficar com os pais. Ele disse que nunca vai embora”.

Natalino diz que antes de adotar, conversou com a psicóloga que atendia o adolescente. “Ela me disse que ele não sorria há muito tempo. E agora ele está dando gargalhadas com a gente. Estamos muito felizes com isso”.

Via: Pheeno


Conheça também o documentário Ser Criança…

Related Posts

Comentários

Comentário