Cody Alan, cantor norte-americano de música country usou suas redes sociais nesta quinta-feira (12) para dizer que é gay. Em uma declaração emocionada, o músico de 44 anos, revela que foi difícil sair do armário, e que agora se sente tranquilo com tudo o que pode acontecer.

“2017. Já que começamos um novo ano, há algo que eu gostaria de compartilhar com vocês. Bom, eu sou gay. Isso não é uma escolha que fiz, mas algo que sei sobre mim mesmo a vida toda. Apesar das reviravoltas da vida, casamento, divórcio, paternidade, sucessos e fracassos, eu chego a este dia, um dia quando estou mais feliz e saudável do que jamais estive. E estou, finalmente, confortável o suficiente para que todos saibam a verdade sobre mim. Obrigado por me seguirem e me apoiarem todos esses anos”, postou Alan.

O desabafo não parou por aí. “Conforme continuamos nossa jornada, espero que essa notícia não mudem o jeito que vocês me veem. Ainda sou o mesmo Cody que sempre fui. Vocês apenas sabem um pouco mais sobre mim agora. Espero que o futuro me permita viver da forma mais honesta, autêntica, amorosa e aberto às possibilidades possível. Isso é sobre ser feliz consigo mesmo, não importa quem você, quem você ama, de onde se vem ou que cartas a vida lhe dá. Obrigado novamente. Com muito amor, Cody”, finalizou o cantor.

Ele foi casado por dez anos, e explicou como foi o processo de contar tudo à ex-mulher. “Todos me diziam para casar e eu senti que aquilo poderia me tornar heterossexual. Obviamente, isso não funcionou. Mas eu sonhei em ter uma família e eu a tenho. Para a geração dos meus filhos, ser gay é como a cor dos olhos. Então, eles aceitaram melhor do que eu pensei”, explicou o cantor, que ainda afirmou que a ex-mulher foi uma das primeiras a saber e que o divórcio foi amigável.

Em entrevista para a revista People após a revelação, Alan disse que sempre sofreu em silêncio antes de “sair do armário“. “Eu sempre fui um homem feliz, mas havia uma dor subterrânea dentro de mim há anos. Ou eu fazia algo a respeito ou viveria com esta camada de infelicidade por baixo do meu sorriso”.

Alan aproveitou para apresentar o companheiro, o terapeuta ocupacional Michael Smith. “É incrível agora, porque tenho um parceiro. Minha mulher também tem um namorado e, com nossos filhos, temos uma linda, amada e moderna família que funciona para todos. Minha ex e meus filhos são meus maiores apoiadores”.

Related Posts

Comentários

Comentário