Já faz dez anos que o primeiro episódio da série Skins foi ao ar. A produção britânica, que alcançou um status de cult, teve vários personagens LGBT em suas seis temporadas, incluindo casal de lésbicas Naomi e Emily (interpretado por Lily Loveless e Kathryn Prescott).skins-pheeno-capa

Mas foi o membro da primeira geração, Mitch Hewer, interprete do personagem gay Maxxie Oliver, que fisgou a imaginação de uma geração de adolescentes gays.

Hoje ele está bem diferente daquele adolescente. Embora ele não teve uma enorme quantidade de papéis desde Skins, Hewer é muito ativo no Instagram, onde coleciona milhares de seguidores. “Há 10 anos eu tive o privilégio de trabalhar nesta série incrível! Tão grato!”, escreveu recentemente em uma de suas publicações.

Se você ainda não assistiu Skins (!), vale a pena acompanhar esse grupo de amigos. Skins ganhou elogios no passado por seu retrato precoce de personagens LGBT. “As pessoas me dizem que foi muito realista. As pessoas vêm até mim em clubes e dizem ‘Você me fez sair do armário’”, contou Lily em uma entrevista.

A série foi criada pelos escritores pai e filho Bryan Elsley e Jamie Brittain para a Company Pictures e estreio na TV Britânica em 25 de janeiro de 2007. No Brasil, os canais da TV paga do grupo HBO, o VH1 Brasil e o Multishow já exibiram temporadas da série. Está disponível atualmente na Netflix, todas as temporadas completas.

Confira algumas publicações do ator em seu perfil no Instagram:

Morning dip?#saopaulo #brazil #travel

Uma foto publicada por Mitchell Hewer (@mitchhewer1) em

Morning São Paulo #brazil #skinsconvention #morning #travel

Uma foto publicada por Mitchell Hewer (@mitchhewer1) em

#night night ?

Uma foto publicada por Mitchell Hewer (@mitchhewer1) em

Does my butt look big in this? @dsquared2 #mycalvins #dsquared2 #butt #saturday

Uma foto publicada por Mitchell Hewer (@mitchhewer1) em

That Sunday feeling @kaizfeng

Uma foto publicada por Mitchell Hewer (@mitchhewer1) em

Related Posts

Comentários

Comentário