No dia 20 de janeiro, Donald Trump assumirá a presidência dos Estados Unidos, e vários protestos estão sendo preparados para recepcionar o novo presidente, principalmente no meio artístico.

Depois de Meryl Streep criticar publicamente o substituto de Barack Obama durante seu discurso na premiação do Globo de Ouro 2017, foi a vez de outras estrelas de Hollywood se unirem contra o magnata.

Um grupo de 21 atores participou de uma interpretação dramática da música I Will Survive, de Gloria Gaynor, considerada o maior hino gay. A ideia é fazer uma crítica às opiniões homofóbicos do novo presidente. A gravação foi dirigida pela revista W Magazine e já faz sucesso nas redes sociais.

“Embora a canção já tenha sido interpretada durante muito tempo através de uma consciente lente social, é o tipo de hino que precisamos, agora mais do que nunca, com esta posse. Com a iminente chegada de Donald Trump à Presidência”, disse a publicação em nota.

Entre os artistas que aparecem no vídeo estão Emma Stone, Natalie Portman, Matthew McConaughey, Andrew Garfield, Felicity Jones, Dakota Fanning, Amy Adams, Chris Pine, Hailee Steinfeld, Taraji P. Henson, Michelle Williams, Greta Gerwig e Mahershala.

Confira o vídeo:

Related Posts

Comentários

Comentário