Nesta segunda-feira (28), a atriz Deborah Secco publicou em seu perfil no Instagram a histórica capa da Vogue Itália com um beijo entre dois homens e foi alvo de inúmeros comentários homofóbicos.

A capa da revista, além de linda, traz fotos de Mert Alas e Marcus Piggott, produzida pelo diretor criativo brasileiro Giovanni Bianco, e celebra a diversidade com três capas com a temática “beijo”.

No post da atriz, os comentários pediam que ela excluísse a foto, com o discurso de ódio, muitos ligado à religião, dizendo que aquilo não era de Deus, e que era pecado. Houve até quem perguntasse: “E se fosse sua filha?”. Então Deborah decidiu responder à altura e disse para todas as mães que o amor não pode deixar de ser aplaudido e suprimido pelo preconceito.

Ao falar sobre sua filha, Maria Flor, de pouco mais de um ano, a atriz foi clara e incisiva: “Minha filha, embora ainda não saiba sua condição sexual vai ser o que quiser e eu estarei do seu lado, inclusive para defendê-las dos preconceituosos”.

Assista ao vídeo:

Veja as outras capas da Vogue Itália, para a edição especial:

Related Posts

Comentários

Comentário