Aconteceu agora a tarde, o primeiro dos sete casamentos que vão rolar nesta edição do Rock in Rio. O casal Maria Cecília Oliveira e Marina Silva, de Mauá, São Paulo, trocaram alianças na Capela do Rock, em meio a muita emoção.

Marina era a mais nervosa. Isso porque sua família ficou presa no trânsito, e chegou em cima da hora. “Quando eles chegaram, fiquei tão feliz que comecei a chorar de emoção antes de entrar na capela”, conta.

Ela realizava outro sonho, que era ter a irmãzinha Julia, de 7 anos, como dama de honra. Como manda a tradição, as noivas não viram seus vestidos até a hora do casamento. Durante a cerimônia, Marina conta que não conseguiu chorar. ” Achei a Ciça [Cecília] tão linda, tão magnífica, que só conseguia sorrir”.

A trilha sonora desse momento tão especial foram sucessos da MPB. Marina, que entrou primeiro, escolheu “Dia Branco”, de Geraldo Azevedo, e Ciça caminhou até o altar ao som de “Romaria”, de Renato Teixeira.

A experiência, conta Marina, foi ainda melhor do que elas imaginavam. “Em um festival dessa magnitude, com tantas outras coisas ao redor, nos sentimos as pessoas mais importantes durante todo o dia, e durante o casamento ainda mais”.

E o enlace é pra valer: as cerimônias são realizadas na capela montada na Cidade do Rock com juiz de paz e todas as tradições que regem este momento. Um casal por dia troca alianças, feitas sob medida, até o final do festival.

Pelo segundo ano consecutivo, os casais foram escolhidos em um concurso que contou com mais de 1.300 inscritos, e foram quatro etapas, além de votação do público, para escolher as melhores histórias de amor.

“O Rock In Rio é um lugar de diversidade e de respeito, que tem essa ideologia. É o que a gente tem na nossa vida hoje, respeito e amor. Só o amor é a ferramenta para fazer do mundo um lugar melhor”, declarou Maria Cecília no vídeo de inscrição, que teve 7.767 votos.

Segundo Agatha Areas, diretora de Marketing do Rock in Rio, “os critérios para a escolha desses sete casais foram a emoção, o ineditismo, a graça ou a curiosidade de cada uma dessas histórias de amor narradas por eles próprios”.

Com informações de Blog do Amauri Jr. | Fotos: Divulgação.

Related Posts

Comentários

Comentário